07 janeiro, 2011

Pearl Jam 20 anos

"Isso só me faz lembrar que estou ficando velha."
Desmerecer o Grunge nessa altura do campeonato ou tirá-los da cena histórica do Rock and Roll não é apenas uma idiotice como um desrespeito com a história do Rock na qual o som grunge teve a sua participação.
Sabemos então de tantas bandas de Seattle que marcaram época com suas camisas xadrez, o Pearl Jam aqui em destaque por seus 20 anos de carreira, lota até hoje estádios em turnês mundiais.
Para uma banda que começou tudo lá em meados de 1990 chegar até aqui com essa força toda deve de ser repensado por muitos que assim não acompanharam a tragetória da banda até os dias de hoje.
 O Eddie Vedder mudou, as guitarras mudaram mas nada muito além do que eram, mas a mudança foi apenas um amadurecimento entre banda, composições, trabalhos solo. Eles tem a fórmula de permanecerem juntos e manter junto a eles seus fãs.
Eu sou a pessoa mais suspeita para falar sobre Pearl Jam e Eddie Vedder, meu amor por ele é declarado, aberto, exposto e ainda tem pessoas que me perguntam por que Andreia Vedder, porque Andreia Vedder? Porque foi a fórmula que encontrei de não esquecer dele um único dia!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário